Thina Curtis – A artista que mais representa e fomenta a literatura popular pelo Brasil

306001780-10222572252835990-7991723187441878676-n

A educadora, produtora cultural e fanzinera Thina Curtis, foi homenageada no último fim de semana em dois campos educacionais fluminenses, o Instituto Federal Fluminense Campus Macaé e pólo da UFF (Universidade Federal Fluminense), em Rio das Ostras, onde a autora bateu um papo e contou um pouco de sua experiência em sua área de atuação, levando em pauta questões sobre produções feitas por e para mulheres em questão.

Thina ainda inaugurou o Acervo de Zines Feministas Thina Curtis, e mediou uma oficina de zines ao lado do cartunista Alberto Souza, mais conhecido como Beralto, em Rio das Ostras, sendo uma evento aberto e democrático, em que o público declamava e exponha seus zines livremente, difundindo e agregando mais pessoas a adentrarem neste universo da literatura popular.

306601329-10222572377239100-7927456627095058345-n

Além disso, houve uma exposição de trabalhos realizados por estudantes do Ensino Médio do Campus Macaé, autores e projetos, como o movimento Comer pra Quê? da UFRJ Macaé, o projeto Saberes Populares do Campo contra Covid da UFF Rio das Ostras, Zine Homem-Leoa de biólogos da UniRio e zines de estudantes egressos também. E ainda, a Fanzinoteca distribui o zine Peibê#7, ganhador do 38º Troféu Angelo Agostini de 2020.

A artista, residente em Santo André coordena e organiza diferentes projetos, com a premissa de incentivar e instigar ainda mais a cultura dos fanzines dentro do meio educacional e também, na sociedade, e ainda é responsável pelo evento itinerante de Fanzines e Publicações Independentes Fanzinada, também organiza anualmente no Dia Nacional do Quadrinho, o evento Café Ilustrado & Convidados na região do ABCDRRM (SP).

306084656-10222572249075896-6937080642721719360-n

E toda essa referência e envolvimento pela arte e literatura, levou a educadora a conquistar prêmios e indicações, como a 33ª edição do Angelo Agostini na categoria “Melhor Fanzine de Quadrinhos” com o Fanzine Café Ilustrado, ao lado da ilustradora Fabi Menassi, e também ser indicada nos anos 2013,2017,2018, 2019 e 2020 nas categorias melhor evento e Jayme Cortez nos Troféus Angelo Agostini e HQ Mix. Em 2019, Thina se tornou patrona da Fanzinoteka Municipal de Barueri Thina Curtis na Gibiteka Prof. Max Zendrom.

Thina participou de várias coletâneas, HQs, exposições, entre outras produções editoriais, e ainda foi curadora de de eventos realizados em distintas casas culturais, como Casa Das Rosas, Casa da Palavra (Santo André), Gibiteca Max Zendrom, Exposição e Mostra de História em Quadrinhos Pinacoteca de São Bernardo do Campo, até em Portugal. E ela ainda faz parte do Coletivo Feminino de Poesia visual Colcha de Retalhos ABCD.

78168846-10216030501016283-5995072646344081408-n

Uma artista insigne que não apenas produz, mas se envolve por completo a cada produção e arte desenvolvida para ela, tanto que Curtis foi selecionada para ser Membro de Honra ao lado de Henrique Guimarães na ANZINE (Associação Nacional de Pesquisas em Fanzines) e Membro da Academia internacional de Literatura Brasileira (NY).

por Patrícia Visconti

3 comentários em “Thina Curtis – A artista que mais representa e fomenta a literatura popular pelo Brasil”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s