Fabiane Langona expressa com plena exatidão sobre temas rotineiros e comportamentais da sociedade

50272755-2044547078971703-1874062709926920192-n

Autora, quadrinista, cartunista e jornalista, a gaúcha Fabiane Langona traz para suas artes tons ácidos e intensos sobre política, sociedade, comportamento e feminismo, com seus traços precisos e concludentes, a artista se expressa de forma inerente e visceral, em uma diversidade significativa de estilos e técnicas em suas produções.

Sua carreira começou como assistente de redação e arte-finalista da revista MAD, o que lhe rendeu a publicação de um quadrinho seu publicado na coluna do cartunista Ota, no Jornal do Brasil e posteriormente ela foi contratada como cartunista da Folhateen, antigo suplemento para adolescentes no jornal Folha de São Paulo. Ela ainda passou pelo Portal UOL, Piauí, TPM, Mundo Estranho, O Globo, O Estado de S. Paulo e Le Monde Diplomatique Brasil.

resenha-uma-patada-com-carinho

No início Fabiane assinava suas obras como Chiquinha, mas desde 2017 passou a assinar seus trabalhos com seu nome próprio. A primeira publicação lançada foi Uma patada com carinho, em 2011, uma publicação que deu a artista o prêmio de “melhor humor gráfico” no 24º Troféu HQ Mix, no ano seguinte.

capa-do-livro-algumas-mulheres-do-mundo-da-cartunista-ilustradora-e-quadrinista-fabiane-langona-mais

Em 2015, a artista lançou Algumas mulheres do mundo, uma coletânea que reuniu 200 cartuns, mostrando de forma despretensiosa e bem humorada sobre um retrato do comportamento feminino atualmente. O préfácio conta com os dizeres irrefutáveis da antropóloga Mirian Goldenberg e a cartunista Laerte Coutinho assina a quarta capa apresentando com exatidão as artes de Chiquinha.

15111007-1259368334121678-713503210043656700-o

No ano seguinte, em 2016, ela lançou A Mediocrização dos Afetos, composto nas edições dos Ugritos, da editora paulistana Ugra Press, a autora descontrói as próprias inseguranças diante o ponto de vista dos leitores, fazendo com que cada indivíduo se identifique a cada quadro inspirado em um mundo de caos e particularidades difinitivas da essência que somam um coletivo, que nos aproxima de nós mesmos e dos outros.

18019234

Obras instrínsecas e envolventes que criam um elo singular com seus leitores, tal como suas tiras diárias Viver Dói, publicadas atualmente no suplemento Ilustrada e a charge semanal A Hora do Café no suplemento Mercado, ambos no jornal Folha de S. Paulo.

E toda essa colaboração enraizada à cena dos quadrinhos nacionais, levou Fabiane a marcar presença na 10ª da edição CCXP23, que acontecerá nos dias 30 de novembro a 3 de dezembro, no São Paulo Expo, e a artista levará seus projetos e trabalhos para expôr e trocar ideias com fãs e adoradores da nona arte no coração do evento, o Artists’ Valley.

por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s