“Um Outro Dia” – Um álbum surpreendente e visceral

um-outro-dia-felipe-folgosi-800x445

E se você tivesse no pior momento de sua vida, e tivesse uma oportunidade de ver seu futuro numa visita junto com a morte, mostrando quão a desgraça das suas escolhas poderá afetar imensamente na sua vida, causando dor e tormento não apenas a você, mas àqueles que realmente te amam de verdade. E essa visita mostraria que quem se diz muito amigo, nem sempre deseja seu bem.

Pois bem, esse enredo é o que traz a nova graphic novel de Felipe Folgosi, autor de Aurora e Comunhão, “Um Outro Dia”, mostrando um drama de um jovem que sonhava em ser cineasta, mas que acabou se entregando aos prazeres e facilidades de ter grana e prazer através das drogas, fazendo perder a confiança da sua família, verdadeiros amigos e amores, até quase perder a própria vida, mas num estalejar inconsciente uma conversa com a morte, faz todo o desfortúnio de uma via caótica e sem esperança mudar abruptamente, escolhendo uma vida limpa e sem drogas, ao lado de quem realmente se importa com ele.

47183821-10156480624769733-3143725239570006016-n

Esse roteiro foi escrito por Felipe há quase duas décadas, e estava guardado em sua gaveta até ele tomar coragem e colocá-lo a mostra no “Concurso Nacional de Dramaturgia”, que para sua sorte este foi escolhido entre o melhor daquele ano, no início dos anos 2000, sendo o pontapé para que Folgosi começasse a seguir sua trajetória como roteirista e escritor. No entanto, ele ainda não havia divulgado em nenhuma mídia, já que sua primeira obra lançada, Aurora, só chegou à público em 2015 e posteriormente, dois depois, em 2017, lançou “Comunhão”, aonde ambos os álbuns foram êxitos extremos, surgindo um convite para aparceirar com o pessoal da Lion Comics, então Felipe não pensou duas vezes, era o momento oportuno de adaptar esse drama fatídico para os quadrinhos.

“Um Outro Dia” é uma trama densa, reflexiva e que aborda diversos assuntos árduos da sociedade atual, principalmente quando você ainda é jovem, está se descobrindo e buscando sua auto-aceitação perante a um grupo social, num drama surpreendente, repleto de ação, romance e metafísica, que mostrará ao leitor uma reflexão absoluta em ordenar suas próprias concepções.

47104190-1840748966046949-6154830985780264960-n
Leandro Casco (arte), Felipe Folgosi (roteiro) e Victor Uchoa (cores)

As ilustrações ficam por conta de Leandro Casco, de demonstrou em cada traço o roteiro inerente de Felipe, com profundidade e emoção, transmitindo a sensibilidade de uma história apreensiva e surpreendente, que prenderá o leitor do começo ao fim, fazendo com que ele se mantenha interessado as nuances que a trama toma em seu decorrer. E as cores, frias e enigmáticas são de Victor Uchoa, que deu cor uma obra homóloga e impecável aos dias atuais, em que cada um quer viver a vida da sua maneira, e esquece aqueles que realmente se importam com você.

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s